6 dias para o processo de Recrutamento e Seleção

18/6/2020

O processo de Recrutamento e Seleção é necessário quando identificada a necessidade de contratar um novo funcionário, seja para um novo posto ou substituir um funcionário recentemente desligado.

É um processo rotineiro na operação de qualquer empresa, mas é um que requer grande atenção e preparação.

Mesmo em vagas aparentemente mais simples, é possível que, sem o devido planejamento o processo se prolongue muito mais do que deveria, causando atrasos, queda na produtividade e aumento significativo dos custos para encontrar este novo funcionário.

É comum encontrarmos anúncios de vagas que não fornecem o mínimo necessário de informações, exigem muito mais do que o salário que é oferecido, por vezes muito mais exigências do que a posição realmente requer.

Além de diversos contratempos e prejuízo para a empresa, pode se tornar um inconveniente para os candidatos, o que certamente manchará a imagem da organização.

Pensando nisso, trouxemos 6 dicas simples porém essenciais para que sua equipe possa planejar um projeto de Recrutamento e Seleção de sucesso, então continue com a gente. 😉

Identifique as necessidades da posição

A primeira coisa a ser feita em um processo de Recrutamento e Seleção é a identificação de todas as necessidades e especificações da posição que será aberta.

Caso seja uma posição nova, é importante fazer uma pesquisa do mercado de trabalho para este perfil de profissional, entender os tipos de pessoas que atuam na área, os conhecimentos necessários, quais benefícios este tipo de vaga costuma proporcionar e qual o perfil comportamental do candidato ideal.

Assim, você terá todas as informações necessárias sobre a área de atuação desta posição específica, e poderá traçar um perfil muito mais preciso.

Por outro lado, se esta vaga estiver aberta devido à saída de um funcionário, esta é sua oportunidade de identificar os possíveis problemas com a forma que a posição era gerida até este ponto e aprimora-la para encontrar um candidato que tenha ainda mais sinergia com a empresa.

Mas em qualquer um destes casos, existem alguns pontos em comum que devem ser levados em consideração para o processo de recrutamento e seleção de cada vaga:

  • Quantas pessoas preciso contratar?
  • Porque preciso deste profissional?
  • Qual será o tipo de contratação (efetiva, temporária, terceirizada)?
  • O cargo é tático, operacional ou estratégico?
  • Quais tarefas este profissional executará?
  • Quais conhecimentos e habilidades são necessárias para a execução destas tarefas?
  • A empresa já conta com toda a estrutura ou aparato necessário para que este serviço seja feito?

Encontre a resposta para estas questões e teremos as informações básicas para montarmos o perfil ideal.

Mas se atente, procure responder estritamente com as necessidades da empresa neste momento. Pense aqui no que a empresa precisa, e isso pode não ser necessariamente o que a empresa quer, o que nos leva à próxima dica;

Defina benefícios, exigências e perfis realistas

Muitas vezes nos deparamos com oportunidades de emprego extremamente exigentes, que demandam um nível de conhecimentos e experiência que não condizem com o posto e em muitas vezes, benefícios muito abaixo dos padrões do mercado.

É claro, toda empresa busca contratar o melhor profissional possível para todos os seus postos, mas ao buscar um talento para ocupar uma vaga, é preciso sempre lembrar que:

  • Para contratar o melhor profissional, o custo será tão alto quanto seu talento
  • Nem todas as vagas necessitam de um profissional de um nível elevado

Não quero dizer com isso que sua empresa deve contratar uma pessoa inapta, ou de baixo desempenho apenas para não ter maiores gastos. O ponto aqui é que, cada posição na empresa requer uma quantidade de conhecimentos e experiência mínimas para fazer um bom trabalho.

É preciso limitar as exigências feitas para que sejam compatíveis às necessidades reais desta vaga, e não pedir dos candidatos mais do que eles realmente utilizarão no dia a dia da empresa, ou delegar tarefas que fujam do propósito inicial da vaga.

Isto irá confundir os possíveis candidatos sobre o que a empresa realmente precisa, quais serão suas tarefas e, com uma imensidade de exigências, se valeria a pena se inscrever para uma oportunidade tão complicada.

Este é um ponto muito importante pois, além de dificultar a seleção, pode acabar causando a futura desistência do funcionário após contratado, trazendo ainda mais atraso e prejuízo.

Planeje bem todo o processo de Recrutamento e Seleção

Estruture todas as fases do processo seletivo em detalhes.

Defina bem as datas das entrevistas, dinâmicas e prazos para o final de cada fase. Isso é essencial para um processo bem organizado, sem imprevistos e com certeza te salvará muito tempo e dor de cabeça.

Teste as habilidades técnicas e comportamentais

Em todo processo, é preciso entendermos exatamente quais são os conhecimentos e personalidade da pessoa que está sendo entrevistada.

Uma forma de fazer isso é elaborando diferentes testes e dinâmicas para conhecer melhor os candidatos.

O tipo de teste dependerá do cargo, nível e habilidades requeridas, mas quando bem elaborados e aplicados irão dizer muito sobre o entrevistado.

Alguns exemplos de testes:

  • Teste de raciocínio lógico e conhecimentos gerais
  • Redação com tema livre ou com algum tema relacionado à vaga
  • Teste sobre conhecimentos técnicos e específicos
  • Teste comportamental

Existem diversos modelos que podem ser encontrados facilmente na internet, então procure os que melhor se encaixam com a sua vaga e empresa e faça ajustes caso necessário.

Aposte na tecnologia

Já existem diversos meios digitais para anunciar e procurar candidatos como o Linkedin e outros sites de vagas, mas recentemente até mesmo o Facebook adicionou à sua plataforma um sistema para veiculação de vagas. Ainda que não seja uma ferramenta tão completa quanto outras mais populares, demonstra bem o caminho que a tecnologia está tomando e as facilidades que aparecem com ela.

Ainda assim, é estimado que 22% de candidatos desistam em algum ponto dos processos seletivos, de acordo com pesquisa da Leaders.

Os motivos são diversos, como propostas melhores de outras empresas, descrição de vaga confusa, com exigências que excedem o nível e salário/benefícios propostos, processos muito longos e cansativos ou falta de feedback.

Além disso, de acordo com a PwC os Millenials são 5,3 vezes mais propensos a permanecerem no processo quando se sentem conectados com a empresa.

Por isso é importante cuidar da imagem da empresa, mostrar o ambiente de trabalho, cativar os candidatos, e para isso é importante a presença online.

Com o atual boom das StartUps, mais e mais opções são apresentadas ao mercado a fim de ajudar e trazer mais rapidez e eficácia ao processo de contratação.

Processos seletivos digitais, com testes, entrevistas por vídeo chamada, bancos de currículos e admissão digital são apenas algumas das coisas que já são possíveis de fazer totalmente por meios digitais, facilitando muito para a empresa e tornando o processo interativo, simples e motivador para os candidatos.

Economize tempo contratando uma empresa especializada em Recrutamento e Seleção

Mesmo seguindo todas estas dicas, existem casos em que não conseguimos evitar um processo mais longo do que o desejável ou dificuldade para encontrar candidatos.

Seja por ser uma vaga com mercado escasso de profissionais, a necessidade de contratar muitas pessoas para uma posição, prazo muito curto ou falta de conhecimento necessário do time interno sobre determinada área mais específica.

Nestes casos, a melhor alternativa é contratar o serviço de Recrutamento e Seleção de uma empresa especializada.

Existem empresas mais generalistas ou mais específicas, e cada uma pode oferecer um serviço desenhado especialmente para um processo.

Também são necessárias consultorias especializadas caso a sua empresa precise de um profissional terceirizado ou temporário.

Não existe uma fórmula mágica ou uma passo a passo exato para encontrar o profissional ideal, pois cada vaga demandará um conjunto diferente de fases, conhecimentos e análises, sendo algumas mais ou menos simples.

Mas com estas dicas, esperamos ajudar a sua empresa a desenhar o melhor processo de recrutamento e seleção possível, que poupe tempo, dinheiro e seja beneficial para a organização e para o candidato.

E se mesmo assim encontrar dificuldades para encontrar o talento certo para a sua vaga, entre em contato com um de nossos consultores e ficaremos felizes em dar todo o suporte que a sua empresa precisa.

Agora que você já sabe o que é necessário para montar um processo de Recrutamento e Seleção de Sucesso, tente colocar algumas destas dicas em prática e nos diga os quais foram os resultados.

Não se esqueça de compartilhar para os seus colegas e nos seguir nas redes sociais.

Nos conte sobre o que você gostaria de ler nos próximos textos, e caso tenha ficado com alguma dúvida, nós estamos ansiosos para te ajudar. Basta entrar em contato com o nosso time.

POSTS RELACIONADOS
Novidades na contratação de Temporários e Outsouncing!
September 28, 2020
5 dicas para produtividade no Home Office
September 17, 2020
Transformação Digital do RH
September 17, 2020